Diplomados, vereadores da 18ª legislatura têm sessão preparatória

por Fernanda Foggiato — publicado 18/12/2020 21h50, última modificação 18/12/2020 22h10
Devido à pandemia da Covid-19, atividade da CMC pela 1ª vez foi remota.
Diplomados, vereadores da 18ª legislatura têm sessão preparatória

A parlamentar mais votada, Indiara Barbosa, presidiu a sessão. Ela foi secretariada, na mesa, por Tito Zeglin. (Foto: Carlos Costa/CMC)

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) realizou, na noite desta sexta-feira (18), a sessão preparatória para o início da 18ª legislatura (2021-2024). Pela primeira vez, em função das restrições devido à pandemia da Covid-19, a atividade foi virtual, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Casa. Já diplomados, os 20 vereadores reeleitos e os 18 “novatos” deliberaram as providências finais para a sessão de instalação, no dia 1º de janeiro. Por decisão unânime, a posse da nova bancada do Legislativo foi transferida das 14 horas para as 15 horas.

Conforme determina o Regimento Interno da CMC, a sessão preparatória foi presidida pela parlamentar mais votada, Indiara Barbosa (Novo). Ela foi secretariada pelo decano e atual primeiro vice-presidente da CMC, Tito Zeglin (PDT). Os demais vereadores eleitos participaram por meio da plataforma Zoom, utilizada desde março para a realização das sessões plenárias remotas e demais atividades do Legislativo.

Com 15 votos, Osias Moraes (Republicanos), atual vice-líder do prefeito na Casa, foi escolhido para fazer o pronunciamento na solenidade de posse dos vereadores. Pier Petruzziello (PTB), líder de Rafael Greca na 17ª legislatura, fará a saudação ao prefeito reeleito. Ele obteve 14 dos 38 votos.

É o artigo 6º do Regimento Interno da CMC que dispõe sobre as sessões preparatórias. Os diplomados, sob a presidência do mais votado, se reúnem para ultimar as providências necessárias à instalação da próxima legislatura. Os parlamentares devem apresentar as declarações de bens e os diplomas, emitidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) por meio de sistema eletrônico.

A 18ª legislatura terá 20 vereadores reeleitos e 18 parlamentares em primeiro mandato (saiba mais). Permanecem na CMC: Beto Moraes (PSD), Dalton Borba (PDT), Ezequias Barros (PMB), Herivelto Oliveira (Cidadania), Marcos Vieira (PDT), Maria Leticia (PV), Mauro Bobato (Pode), Mauro Ignácio (DEM), Noemia Rocha (MDB), Oscalino do Povo (PP), Osias Moraes, Pier Petruzziello, Professor Euler (PSD), Professora Josete (PT), Sabino Picolo (DEM), Serginho do Posto (DEM), Tico Kuzma (Pros), Tito Zeglin, Toninho da Farmácia (DEM) e Zezinho Sabará (DEM).

Ingressam na Casa: Alexandre Leprevost (Solidariedade), Amália Tortato (Novo), Carol Dartora (PT), Denian Couto (Pode), Eder Borges (PSD), Flávia Francischini (PSL), Hernani (PSB), Indiara Barbosa, João da 5 Irmãos (PSL), Leônidas Dias (Solidariedade), Márcio Barros (PSD), Marcelo Fachinello (PSC), Nori Seto (PP), Pastor Marciano Alves (Republicanos), Renato Freitas (PT), Salles do Fazendinha (DC), Sargento Tânia Guerreiro (PSL) e Sidnei Toaldo (Patriota).

Posse e eleição da Mesa

A instalação da 18ª legislatura da Câmara Municipal de Curitiba ocorre no dia 1º de janeiro, às 15 horas, em cerimônia virtual. Também por uma prerrogativa regimental, a presidência da sessão cabe à parlamentar mais votada, Indiara Barbosa. Ela será secretariada Tito Zeglin. Encerrada a solenidade, às 17 horas a CMC dará posse ao prefeito e ao vice, Rafael Greca e Eduardo Pimentel.

Os demais vereadores assinarão os termos de posse e farão as fotos oficiais no dia 2, já que a eleição da nova Mesa Diretora do Legislativo de Curitiba será presencial, a partir das 14 horas. Além do presidente da Câmara para o biênio 2021-2022, serão eleitos o primeiro e o segundo vice-presidentes; o primeiro, o segundo, o terceiro e o quarto-secretários; o corregedor e o vice (saiba mais).

Tanto no dia 1º, após a cerimônia de posse do prefeito, quanto no dia 2, concluída a eleição da Mesa, a CMC promove entrevistas coletivas online. O credenciamento dos jornalistas será feito até 27 de dezembro pelo e-mail do diretor de Comunicação, Filipi Oliveira (filipi.oliveira@cmc.pr.gov.br). As sessões serão transmitidas, em tempo real, pelos canais oficiais da instituição no YouTube, no Facebook e no Twitter.

Perfil da 18ª legislatura

Nesta eleição proporcional, a mais acirrada desde a redemocratização, o eleitorado manteve a média histórica e renovou 47% dos componentes da Câmara Municipal de Curitiba para os próximos quatro anos. A maior bancada será a do DEM, com cinco vereadores.

Com a eleição de oito mulheres, a bancada feminina manteve o recorde histórico de oito vereadoras. Além de a pessoa mais votada ter sido pela primeira vez uma mulher, Indiara Barbosa, o pleito de 15 de novembro registrou outro feito inédito: Curitiba terá, com Carol Dartora, sua primeira vereadora negra.

O Legislativo terá em plenário de cientista político a policial militar, sendo que o decano é Tito Zeglin, reeleito para o nono mandato. Entre os suplentes estão 13 ex-vereadores que não conseguiram a eleição, mas estão relacionados caso haja substituições. Na 17ª legislatura, sete suplentes foram convocados para exercer o mandato parlamentar.