Respondido pedido de informações sobre inadimplentes com a Cohab

por Assessoria Comunicação publicado 07/01/2015 11h40, última modificação 28/09/2021 10h04

Em 2014, reclamações de mutuários sobre notificações de desocupação e dívidas ativas de proprietários anteriores de imóveis financiados pela Cohab motivaram Carla Pimentel (PSC) a encaminhar um pedido de informações ao Executivo sobre esta situação. No documento (062.00331.2014), a vereadora indaga quais são os critérios e procedimentos adotados na transferência de imóveis inadimplentes.

Em resposta encaminhada ao Legislativo em novembro, a Prefeitura de Curitiba explicou que “o imóvel financiado pela Cohab, resolvido judicial ou extrajudicialmente”, quando vago, é destinado a quem está na fila de espera. Quando ocupado, é ofertado preferencialmente para quem mora no imóvel, por um valor atualizado, desde que o ocupante atenda a uma série de exigências – como comprovar que reside há mais de um ano a contar da data do cancelamento e não possuir financiamento imobiliário.

No caso das dívidas com condomínios, a administração municipal orienta que os débitos devem ser pagos antes ou no ato da revenda da propriedade. “Atualmente a Cohab não comercializa imóveis com dívidas”. Para solicitar a escritura do imóvel que possui este tipo de dívida, o mutuário precisa pagar a última prestação ou quitar o saldo devedor do financiamento; formalizar o pedido; apresentar a documentação exigida; e comprovar a adimplência condominial e demais impostos.