Executivo: Orçamento da Corrente Cultural foi de R$ 1 milhão

por Assessoria Comunicação publicado 28/01/2015 15h55, última modificação 28/09/2021 10h34

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, o orçamento total da Corrente Cultural de 2014 foi de R$ 1 milhão. O investimento foi feito com recursos públicos e por meio de patrocínios. A informação foi repassada à Câmara de Vereadores no último dia 21, em resposta ao requerimento (062.00382.2014) de Chicarelli (PSDC).

No pedido de informações, o parlamentar pede o detalhamento sobre os custos do evento (com infraestrutura, cachês e divulgação) e questiona quais foram as empresas contratadas para a organização, qual foi a contrapartida do município e quanto foi arrecadado com patrocínio.

Na resposta (ofício 019/2015-EM/GTL), o Executivo explicou que a Corrente Cultural foi organizada pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e recebeu R$ 268 mil em patrocínios, por meio de quatro empresas (uma delas assumindo o pagamento direto do cachê de dois artistas nacionais) e duas instituições bancárias.

Sem descrever outras despesas, a prefeitura afirmou que, do valor total do orçamento, R$ 150 mil foram gastos com infraestrutura e R$ 270 mil no pagamento de cachês de artistas nacionais e locais. O evento ainda recebeu apoio institucional de três veículos de comunicação para a divulgação e transmissão ao vivo dos shows pela TV.