Notas de Plenário II - Sessão Ordinária de 9 de Dezembro

por Assessoria Comunicação publicado 09/12/2013 14h45, última modificação 21/09/2021 10h20

Natal
Pedido de informações oficiais ao município, protocolado por Chicarelli (PSDC) e lido na sessão desta segunda-feira (9), solicita dados sobre a abertura da programação de Natal de Curitiba, realizada no último dia 1º. “Quem foram as empresas e secretarias municipais que organizaram o evento? Qual foi o processo de contratação do cantor Ivan Lins? Qual o orçamento total do evento”, indaga.

Copa
Outros dois requerimentos de Chicarelli pedem informações à Prefeitura de Curitiba e à Câmara Municipal sobre os custos com as viagens de representantes dos dois poderes para a Costa do Sauípe (BA), para acompanhar o sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2014. No documento, o parlamentar pergunta quem foram os integrantes da comitiva e qual o total gasto em passagens aéreas, hospedagem e alimentação.

Árvores
Professor Galdino (PSDB) é autor de pedido de informações sobre a liberação de alvará para corte de árvores na Rua Francisco Derosso, no Xaxim. “Qual o funcionário que expediu o alvará? Qual a data de expedição do documento? Em nome de quem foi expedido? A secretaria (Municipal de Meio Ambiente) informou que as árvores eram nativas?”, questiona o vereador.

Combustível
O segundo requerimento de Galdino, lido nesta segunda-feira, pede informações ao Legislativo sobre os gastos individuais dos parlamentares com combustível, em 2013. “Reivindico o direito de acesso à relação a fim de fiscalizar e demonstrar, de forma a transparecer a sociedade, como a verba destinada ao gasto com combustíveis é usada”, justifica.

Imóvel I
O líder do PROS, Tico Kuzma requer informações à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) sobre o imóvel da antiga Unidade de Saúde Santa Amélia, localizada na Rua Berta Klemtz, no Fazendinha. “O imóvel pertence à prefeitura? Há uma previsão de utilização para alguma finalidade? Existe a possibilidade de reformar o imóvel e incorporar ao CMEI Santa Amélia, que fica ao lado?”, pergunta.

Imóvel II
“A solicitação é feita por pais de alunos, professores e moradores da região, que alegam que, com o abandono do imóvel, usuários de drogas e desocupados estão utilizando o local como esconderijo. Com a utilização do espaço pelo CMEI Santa Amélia, mais crianças poderiam ser atendidas e toda a comunidade ser beneficiada”, justifica Tico Kuzma.

Suburbana
O vereador Mauro Ignacio (PSB) registrou, em plenário, a vitória do Trieste sobre o Santa Quitéria, pela competição Suburbana. O jogo do último sábado (7) tirou o Triste de um período de sete anos sem títulos.

Turismo I
A elaboração de estudos para adequação do organograma do Instituto Municipal do Turismo, proposta pela vereadora Julieta Reis (DEM), foi aprovada pelo plenário nesta segunda. Julieta sugere a criação de uma Diretoria de Qualificação, Certificação e de Produção associada ao turismo, além de um setor para gerência de feiras especiais e  de bairros.

Turismo II
Segundo Julieta Reis, o objetivo é adequar ao organograma do Instituto de Turismo o setor de artesanato já existente na instituição “considerando a importância de agregar o conceito de produção associada ao turismo”, defende a vereadora.

Guarda Municipal
O vereador Jairo Marcelino (PSD) sugere ao Executivo a criação de um grupamento especial dentro da Guarda Municipal para atendimento das escolas de Curitiba. Conforme a sugestão, o grupamento poderá desenvolver medidas para prevenir a violência nas escolas municipais, além de zelar pela preservação do patrimônio público.

Lombadas
Também aprovada pelo plenário sugestão de Geovane Fernandes (PTB) para que o Executivo implante lombadas em frente a todas as escolas e centros de educação infantil do município. Segundo a justificativa de Fernandes, a medida contribuirá para a preservação da vida dos estudantes, “uma vez que lombadas ou quebra-molas são artifícios utilizados na redução de velocidade no trânsito”, afirma.

Double Decker I
Acatada sugestão do vereador Jonny Stica (PT) para realização de estudos visando a  implantação de ônibus de dois andares (double decker), como veículo integrante à frota do transporte coletivo de Curitiba. Conforme o vereador, o serviço atual oferecido à população é “deficiente” e os índices de satisfação dos usuários “sequer chegam a níveis razoáveis”, diz.

Double Decker II
De acordo com Jonny Stica, é preciso considerar o princípio da verticalização das moradias, pensando na aplicação dessa premissa para o transporte coletivo, já que esse tipo de ônibus é de uso comum em cidades como Londres e Berlim. “Peço uma análise profunda para a alternativa levantada, considerando vantagens como maior capacidade nas faixas exclusivas, custo operacional por usuários, além do conforto e segurança dos passageiros”, explica Stica.