"Semana da Pessoa Cega" recebe parecer favorável de comissão

por Assessoria Comunicação publicado 26/11/2014 14h45, última modificação 28/09/2021 08h12

Os vereadores da Comissão de Educação, Cultura e Turismo da Câmara Municipal deram parecer positivo, nesta quarta-feira (26), ao projeto que insere no calendário oficial de eventos de Curitiba a “Semana da Pessoa Cega ou com Baixa Visão”. De autoria do vereador Pier Petruzziello (PTB), a proposição 005.000218.2014 estipula que a semana do dia 13 de dezembro será destinada à realização de eventos, palestras e seminários sobre o tema.

“Nossa cidade tem avançado na implantação de políticas públicas inclusivas para as pessoas com deficiência”, diz o parlamentar, na justificativa do projeto.  “Contudo, é importante ressaltar que 80% das pessoas com deficiência visual não são cegas, possuem diversos tipos de baixa visão e utilizam ou não bengalas. Portanto, a reflexão, por meio desses eventos, ajudará a melhorar as políticas públicas na área”, explica Petruzziello. Tiago Gevert (PSC) foi o relator da matéria.

Presidida por Mauro Ignácio (PSB), a Comissão de Educação também deu parecer positivo a outros dois projetos de lei. De autoria do vereador Jorge Bernardi (PDT), a proposição 005.00181.2014, que cria o “Dia Municipal do Imigrante”, está nesta relação. A iniciativa, também relatada por Gevert, sugere que a data seja comemorada anualmente em 21 de março – pois nesta ocasião, em 1855, o então governador do Paraná, Zacarias de Góes e Vasconcellos, assinou a “Lei de Incentivo à Imigração ao Paraná”.

Do vereador Dirceu Moreira (PSL), a proposição 005.00335.2013, que insere no calendário a “Semana Municipal de Combate à Evasão Escolar”, igualmente recebeu o aval da comissão. A iniciativa foi relatada pelo vereador Galdino (PSDB) e prevê que, na primeira semana do mês de agosto, sejam realizadas atividades de conscientização na rede municipal de ensino, especialmente para reduzir a defasagem idade/série. Geovane Fernandes (PTB) e Pedro Paulo (PT) integram a comissão.

Colegiado acompanha sanção
Na última sexta-feira (21), a Comissão de Educação acompanhou a sanção da lei 14.546, aprovada pela Câmara de Curitiba no dia 5 deste mês. A norma autoriza o Município a doar ao governo o terreno onde funciona, há 30 anos, o Colégio Estadual Pinheiro do Paraná.

Para Mauro Ignácio, o Colégio Estadual Pinheiro do Paraná, “que já é uma referencia em Santa Felicidade, com instalações mais amplas e modernas, vai alavancar ainda mais o desenvolvimento da educação na região”. Estão sendo construídas no local, pelo governo do Estado, quatro salas de aula e quatro laboratórios.

A doação do terreno também deverá permitir a abertura de 480 vagas para cursos profissionalizantes gratuitos, por meio do programa Brasil Profissionalizado, do governo federal. A sanção foi realizada pelo prefeito Gustavo Fruet nas dependências do colégio, com a presença do vice-governador, Flávio Arns, autoridades, estudantes e professores.

Leia mais:
Câmara aprova doação de terreno para o Estado