Dirceu Moreira destina R$ 299 mil para academias ao ar livre

por Assessoria Comunicação publicado 14/01/2015 16h00, última modificação 28/09/2021 10h15

O vereador Dirceu Moreira (PSL) protocolou 14 emendas orçamentárias, no valor de R$ 299 mil, em que pede implantação e manutenção de academias ao ar livre nos bairros CIC, Campo de Santana e Tatuquara. A pedido da secretaria Municipal do Lazer, Esporte e Juventude (SMELJ), as implantações foram orçadas individualmente em R$ 35 mil e o valor referente às manutenções destes espaços em R$ 9 mil.

Dirceu Moreira pediu, por exemplo, a implantação de uma academia na Praça Matias Alenor Martins, localizada na rua Pedro Aleixo, no bairro CIC (302.00150.2014), bem como sua posterior manutenção (302.00151.2014). Da mesma forma ele propõe a implantação de uma academia ao ar livre na rua Orlando Luís Lamarca, entre as ruas João Ribeiro Baptista e Dício Barreto, na Vila Nossa Senhora da Luz, também no bairro CIC (302.00154.2014), assim como a reserva do recurso referente à manutenção do mesmo espaço (302.00156.2014).

No bairro CIC o vereador ainda solicitou a implantação e manutenção de academias ao ar livre em vários locais, entre eles: rua Paulo Leminski, esquina com a rua Luiz Maltala, próximo ao n° 67, no Conjunto Alta Bela Vista (302.00163.2014); rua Augusto Beck, esquina com a rua Doutor Ernesto Essenfelder Traub, no Conjunto Moradas Aquarela, na Vila Augusta (302.00165.2014) e rua Willian Sade, entre as Ruas Água do Passaúna e Professora Cecília Tritani, no Conjunto Moradias Corbília, na Vila São Miguel (302.00168.2014). As emendas que pedem a reserva de recursos para a manutenção destes locais são respectivamente: (302.00164.2014), (302.00166.2014) e (302.00169.2014).

Revitalizações e outros temas
Outras emendas propostas por Moreira sugerem a revitalização de espaços públicos, como, por exemplo, a praça localizada entre as ruas Doutora Elisa Checchia Noronha, Professor Aroldo Straube da Cunha e Fausto Scorsin, na Vila Harmonia, no CIC. O objetivo é a implantação de um “kit playground”.  O valor do recurso referente a essa emenda é de R$ 35 mil (302.00149.2014).

O vereador sugeriu, via emenda de R$ 60 mil (302.00167.2014), a revitalização da Praça 8, localizada na rua Orlando Luís Lamarca, entre as ruas João Ribeiro Baptista e Décio Barreta, na Vila Nossa Senhora da Luz, no CIC, mediante a implantação de alambrado. No mesmo sentido, propôs a revitalização da Praça Eli Ribeiro, na mesma Vila Nossa Senhora da Luz, mediante a implantação de uma quadra de basquete. A emenda destina R$ 50 mil para a obra (302.00170.2014).

Na área de pavimentação asfáltica, Dirceu Moreira propôs duas emendas: uma que pede a restauração e revitalização da rua Ludovico Belni, entre as ruas Arthur Martins Franco e Frederico Lanbertucci, no Jardim Independência, Colombo I,  na Regional Portão. O valor destinado pela emenda para a obra é de R$ 100 mil (302.00155.2014). A outra emenda, no valor de R$ 30 mil,  propõe a revitalização da rua Aparecida Garavello de Almeida, entre as ruas Antônio Moacir Ribeiro Batista e Guilherme Fugmann, na Vila Santa Maria, também na Regional CIC (302.00172.2014).

No total, Dirceu Moreira destinou R$ 628 mil da sua cota de R$ 700 mil para emendas orçamentárias individuais. Os restantes, R$ 72 mil, o parlamentar optou por integrar às emendas coletivas (propostas por dois ou mais vereadores).

Emendas parlamentares
Desde 2005, os vereadores de Curitiba têm cota individual para emendas ao orçamento da cidade, estabelecida em consenso com o Executivo e garantida mediante remanejamento de recursos geralmente estocados na rubrica “reserva de contingência”. Para 2015, cada um dos 38 parlamentares foi autorizado a indicar até R$ 700 mil em emendas, para reforçar ações institucionais já previstas na Lei Orçamentária Anual.

No total, as emendas parlamentares significarão o remanejamento de até R$ 28,6 milhões do orçamento de Curitiba para 2015 (0,38% dos R$ 7,358 bilhões previstos para o ano que vem). Durante o mês de janeiro, como já foi feito no ano passado, a Assessoria de Comunicação fará matérias específicas sobre o conjunto de emendas apresentadas pelos parlamentares, individual e coletivamente.