Crédito adicional para Saúde passa a receber emendas na Câmara

por Assessoria Comunicação publicado 02/12/2013 13h55, última modificação 21/09/2021 09h06

Mensagem do prefeito Gustavo Fruet, que pede a abertura de crédito adicional especial, no valor de R$1.257 milhão, começa a receber emendas a partir desta segunda-feira (2). Segundo a justificativa do Executivo, o recurso será usado para cobrir despesas da gestão anterior, principalmente na área da Saúde, tanto da atenção básica quanto serviços de média e alta complexidade (013.00016.2013).

Dívidas

Desse montante, o Fundo Municipal de Saúde receberá R$ 632 mil. O restante do recurso será distribuído entre as secretarias municipais da Educação (R$ 195 mil), Obras Públicas (R$ 103 mil), Governo (R$ 65,8 mil), Esporte (R$ 50 mil), Meio Ambiente (R$ 41 mil), a Procuradoria Geral do Município (R$ 26,7 mil), Fundação de Ação Social (R$ 10,9 mil), Fundo Municipal de Assistência Social (R$ 10,5 mil) e o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (R$ 2,7 mil).

Nas despesas que serão quitadas com esse recurso, estão os repasses do Programa de Saúde Mental para entidades conveniadas com o município, a manutenção de equipamentos odontológicos e hospitalares, além do aluguel de imóveis de equipamentos de saúde. Os recursos que serão utilizados são provenientes de superávit financeiro e cancelamento de outras despesas previstas para esse ano, como a aquisição de materiais e a contratação de serviços de terceiros.