CMC confere prêmio Servidor Padrão a 14 funcionários municipais

por Assessoria Comunicação publicado 07/11/2014 14h45, última modificação 28/09/2021 06h39
Na semana que vem, duas sessões solenes serão promovidas pela Câmara Municipal de Curitiba. A primeira ocorrerá na quarta (12) com o objetivo de conferir o Prêmio Servidor Público Padrão a 14 funcionários municipais escolhidos pelos vereadores em função de suas atuações profissionais no decorrer do ano de 2013 (096.00001.2014).

O prêmio foi instituído pela lei nº 10.680/2003, que possibilita a homenagem a servidores ativos ou inativos, sendo que cada vereador pode indicar apenas um nome por ano. O decreto legislativo com a proposição dos nomes foi aprovado em plenário no dia 22 de setembro, por 26 votos favoráveis.

No documento são listados os homenageados e os respectivos vereadores proponentes: Florência da Rocha dos Santos, lembrada por Jorge Bernardi (PDT); Carlos Sérgio Serena, por Julieta Reis (DEM); Marcia Ribeiro Garrido, por Geovane Fernandes (PTB); Adolfo Dec Junior, por Dona Lourdes (PSB); Jussara Policeno de Oliveira, por Paulo Rink (PPS); Mauro Antonio Suyhama Sozonofy, por Ailton Araujo (PSC); Lise Mara Villani Souza, por Chicarelli (PSDC); Celso Antunes, por Dirceu Moreira (PSL); Nilton Junior Coelho, por Felipe Braga Côrtes (PSDB); Fabio Cezar Dal Lin, por Cristiano Santos (PV); Dione Conceição Garcia, por Aldemir Manfron (PP); Adriana Kampa, por Tico Kuzma (PROS); Elson Mauro Lopes, por Mauro Ignacio (PSB) e Nicodemos da Silva Filho, por Jairo Marcelino (PSD).

Cidadão Honorário
Na quinta-feira (13) o padre João Chemin receberá o título de Cidadão Honorário de Curitiba, por indicação do vereador Geovane Fernandes (PTB) (006.00027.2013). Filho de Arlindo Chemin e Pedrinha Andreassa Chemin, o homenageado nasceu em Campo Largo em 1963 e se formou em filosofia e psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Foi ordenado padre em 1988 em cerimônia ministrada por Dom Pedro Fedalto.

Entre outras atividades, o padre foi diretor e professor da Faculdade Arquidiocesana de Filosofia; presidente da entidade dos reitores da Arquidiocese de Curitiba (ARSEM) por duas gestões seguidas (2002/2003 e 2004/2005); membro do Conselho Presbiteral da Arquidiocese de Curitiba também entre 2004 e 2005 e membro do Conselho de Ordens e Ministérios da Arquidiocese de Curitiba de 2005 até hoje, além de exercer também a direção da Escola Diaconal São Filipe, pertencente à Arquidiocese de Curitiba.

Por ocasião da votação do projeto que concedeu o título, os vereadores Zé Maria (SDD) e Julieta reis (DEM) se manifestaram favoravelmente à aprovação, destacando as qualidades do padre João Chemin enquanto líder espiritual e estudioso do tema religião. Julieta lembrou que o pároco também exerce a capelania do Clube Atlético Paranaense desde 2006.