Campanha "Novembro Azul" pretende prevenir câncer de próstata

por Assessoria Comunicação publicado 10/11/2014 14h30, última modificação 28/09/2021 07h47
No próximo dia 29 de novembro a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) promoverá um evento de conscientização, no centro de Curitiba, na Boca Maldita, para chamar a atenção da população para a importância de se prevenir o câncer de próstata. “De cada seis homens, um desenvolverá a doença”, alertou o presidente da SBU no Paraná, o médico Márcio de Carvalho, que coordena no estado a campanha “Novembro Azul”.

“Neste ano, estima-se que 70 mil novos casos serão diagnosticados no Brasil. É uma incidência maior que o câncer de mama, do qual se espera 50 mil novos casos em 2014”, disse Márcio de Carvalho. Os vereadores abriram espaço durante a sessão plenária desta segunda-feira (10) para que o presidente da SBU no Paraná apresentasse números atualizados sobre a incidência da doença e como será a campanha “Novembro Azul”.

O pedido para incluir o assunto no expediente partiu do vereador Felipe Braga Côrtes (PSDB), que também apoia a ação de conscientização na Boca Maldita. “Os índices de óbito caem 90% quando a doença é diagnosticada no início”, defendeu o parlamentar. “Existem diversos tratamentos, mas o importante é acompanhar desde cedo. A partir dos 50 anos de idade, é preciso medir o PSA no sangue e fazer, sim, o toque retal, pois em 15% dos casos a doença não aparece no exame laboratorial”, afirmou Márcio de Carvalho.

“Quanto mais cedo começarem os exames, menor a chance de a doença evoluir, especialmente se você já teve pai ou irmão diagnosticados com câncer de próstata na família”, frisou o presidente da SBU no Paraná. O médico alertou que a menor incidência do câncer de próstata no mundo é nos países asiáticos, onde se consome menos gordura animal. Ele também disse que superar o sedentarismo pode ajudar a prevenir a doença.