Vereadora destina 500 mil para entidades assistenciais e de saúde

por Assessoria Comunicação publicado 18/12/2013 17h35, última modificação 21/09/2021 09h54

A vereadora Carla Pimentel (PSC) destinou quinhentos mil reais em emendas ao orçamento do município para instituições que prestam reconhecidos trabalhos em prol da população. A vereadora lembrou que 580 emendas ao orçamento (totalizando 19 milhões de reais) foram discutidas pelos vereadores.“Procurei beneficiar entidades que efetivamente fazem a diferença em nossa cidade, tomando a saúde como fator prioritário para tais escolhas”, esclareceu Carla.


Um exemplo de instituição beneficiada foi o Hospital Evangélico, para o qual serão destinados cem mil reais. “Esta entidade atende basicamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e desempenha um papel fundamental no atendimento de pacientes em caráter de emergência. Infelizmente, atravessa uma crise financeira, portanto, esperamos que estes recursos sirvam para que o serviço não sofra interrupções em 2014”, frisou a vereadora.

Também serão beneficiadas instituições como a FEP e o Hospital Pequeno Príncipe, que também contará com o apoio financeiro, em razão da excelência do serviço que presta no atendimento às crianças. O pequeno Cotolengo, instituição assistencial que há 54 anos promove a inclusão de crianças com deficiência também foi lembrado pela líder do PSC na Casa.

Outras instituições

Carla Pimentel também destinou recursos para entidades como a Organização Brasileira de Apoio a Pessoa com Disfunção Neuromuscular (Obadin), Fundação Pró-Renal, Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC), Associação Beneficente Curitibana (ABC Vida), Andaluz, Abracel, Fazendo a Diferença (Fazdi), Casas de recuperação “Casa da Vida” (Cravi), “Nova Vida” (Crenvi),  Marcha para Jesus, FEP e Abba Promoção Social.

Segundo a vereadora, Fazdi, Cravi e Crenvi, por exemplo, são entidades que prestam atendimento a dependentes químicos. “Eu já trabalhei como voluntária na Crenvi e hoje, na condição de parlamentar, entendo a importância de se prestar suporte a essas entidades. A drogadição é um grande problema de saúde pública”, concluiu. No mesmo sentido, a parlamentar destinou uma parte dos recursos para a ABBA Promoção Social (ABBAPS), mantida pela Comunhão Cristã ABBA, do pastor Pio Carvalho. “Há 11 anos a ABBA paranaense trabalha no resgate de moradores de rua, profissionais do sexo, famílias em situação de vulnerabilidade social e outros excluídos”, finalizou Carla Pimentel.