Notas de Plenário - Sessão Ordinária de 22 de Outubro

por Assessoria Comunicação publicado 22/10/2013 12h50, última modificação 20/09/2021 12h13


BR 116 I
Na sessão desta terça-feira (22), o primeiro vice-presidente da Câmara de Curitiba, Tito Zeglin (PDT), fez um apelo ao governador do Estado, Beto Richa (PSDB), sobre a situação crítica da BR 116, no trecho entre o Ceasa de Curitiba e o município de Fazenda Rio Grande, que está sendo duplicado. Segundo o parlamentar, apenas 1,7 km foram liberados para tráfego e outros 3 km estão prontos, mas não foram entregues pela concessionária responsável pela rodovia. (Foto 1)

BR 116 II

“A Autopista vive falando que as chuvas atrasam a obra e que o projeto foi alterado. É conversa para boi dormir. Nós, vereadores de Curitiba, não podemos admitir essa situação. Falta atenção das nossas autoridades constituídas, de quem tem direito de cobrar da concessionária a conclusão da obra. Falta pulso. Peço ao governador que libere esses 3 km que estão prontos e não estão sendo usados”, reiterou Zeglin.

Táxis I
O Legislativo adiou novamente a votação do projeto de lei que obriga a instalação de ar-condicionado e câmeras de segurança nos táxis (005.00191.2013). O requerimento foi feito pelo próprio autor da iniciativa, Tiago Gevert (PSC), que quer ampliar o debate com representantes do segmento. O projeto deve retornar à pauta após a realização de 25 sessões. (Foto 2)

Táxis II
Gevert propõe a alteração da Lei Municipal 13.297/2012 – que regulamenta o serviço em Curitiba – acrescentando dois incisos ao artigo 8°, determinando que os táxis possuam, obrigatoriamente, os dois equipamentos. Conforme o parlamentar, a alteração é necessária porque a norma em vigor não contempla “dois importantes itens para o conforto, saúde e principalmente para a segurança dos passageiros”.

Linhas interterminais
Aprovada a sugestão para que a Prefeitura de Curitiba implante a linha de ônibus interterminais, no trajeto Cabral – Capão da Imbuia – Hauer – Portão – Campina do Siqueira. Conforme o autor do requerimento, Dirceu Moreira (PSL), o objetivo é atender a demanda de passageiros neste eixo. “Uma linha que possa interligar os principais terminais da cidade servirá como alternativa para desafogar o sistema de transporte coletivo”, completa.

Logradouro
Também foi acatado pelo plenário o projeto de lei de Aldemir Manfron (PP), que denomina logradouro público de Judite Bairo Ferreira (008.00015.2013). Moradora do Jardim Pinheiros, Santa Felicidade, a homenageada é conhecida por seu trabalho social em instituições como a Escola Foz do Iguaçu e no Projeto Piá. “Mulher, esposa, mãe e amiga, deixou seu legado de alegria, garra e amor. Por isso, é oportuna a indicação de seu nome”, justifica o vereador.

Congratulações
A Câmara Municipal entregou votos de congratulações e aplausos às Faculdades Santa Cruz pelos seus 20 anos de fundação. A homenagem foi entregue a Hugo Eduardo Pinto (diretor), Carlos Furtado (um dos mantenedores) e funcionários da instituição. O autor do requerimento é Tico Kuzma (PROS), ex-aluno da Santa Cruz, onde se formou em Direito. (Foto 3)

Maioridade I
No horário das explicações pessoais, o líder do PRB, Valdemir Soares, destacou a campanha política no Congresso Nacional defendida pelo partido pela redução da maioridade penal, com foco na apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular. “(O menor) tem condição de cometer crimes, mas não pode ser preso”, frisou, na tribuna.  (Foto 4)

Maioridade II
A opinião de Soares foi rebatida pelo líder da maioria, Pedro Paulo (PT). “É preciso melhorar o sistema carcerário e fortalecer o acesso ao direito da criança e do adolescente. Criança tem que ser protegida. Adolescente tem que ser educado”. “Não existe pesquisa séria que comprove que a redução da maioridade penal contribuiu com a diminuição da criminalidade em uma sociedade. O que precisamos é fazer com as políticas públicas se efetivem”, completou Professora Josete, do mesmo partido. (Foto 5)

Crédito para a Cohab I
Foi aprovado em segunda votação o projeto de lei que autoriza a prefeitura de Curitiba a realocar R$ 7 milhões do orçamento. Os recursos sairão da secretaria municipal de Obras e serão destinados à Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), como forma de aporte de capital. Em reunião na Câmara Municipal, o presidente da empresa de economia mista, Ubiraci Rodrigues, disse que o dinheiro é necessários para manter a Cohab funcionando.

Crédito para a Cohab II
Em pronunciamentos na sessão de ontem, Professora Josete (PT), que preside a Comissão de Economia, esclareceu que a realocação de recursos não vai impedir a execução de nenhum projeto,visto que a maior parte dos projetos recebe financiamento federal e irão mudar do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o Minha Casa Minha Vida.

Crédito para a Cohab III
Chicarelli (PSDC), que durante o debate de ontem apontou problemas de acúmulo de lixo na Vila Pantanal, no Alto Boqueirão, agradeceu a Cohab e a secretaria de Meio Ambiente por uma “ação rápida” que resultou na limpeza de toda a região. “Tivemos um debate duro, mas o que importa é o resultado que beneficiou os moradores do bairro”, resumiu. (Com foto)

Informações sobre realocação
Rogério Campos (PSC) apresentou pedido de informações oficiais sobre a realocação de famílias que moravam às margens do Ribeirão dos Padilha, região sul de Curitiba. O vereador questiona o município, dentre outras questões, sobre o que será feito na região, a remoção dos entulhos das casas e a situação dos moradores que não deixaram seus imóveis.

Investimentos no litoral
Professor Galdino (PSDB) anunciou investimentos realizados no litoral do estado pelo governo do Paraná. Segundo ele, mais de R$ 240 milhões estão sendo aplicados para  ampliar o sistema de coleta e tratamento de esgoto dos municípios de Matinhos e Pontal do Paraná. “Este é um dos maiores investimentos já realizados por um governo no nosso litoral”, comemorou.

Problemas no Detran I
Geovande Fernandes (PTB) criticou o sistema de sorteio adotado pelo Detran (Departamento de Trânsito do Paraná) para definir em qual clínica o usuário fará exames de saúde. De acordo com o parlamentar, será feito um pedido de esclarecimentos ao órgão, pois ele acredita que a sistemática adotada tem prejudicado a população ao sortear locais muito distantes de onde as pessoas moram.

Problemas no Detran II
Outro comentar o tema foi Jonny Stica, do PT. O vereador diz ter participado de curso de reciclagem no Detran e ter atestado que a maior parte dos participantes é de idosos. “Está claro que estes não são os infratores, mas assumem os pontos na carteira por infrações de familiares. Todo mundo sabe que isso acontece e é errado, mas está banalizado”, protestou.

Data
A líder da oposição, Noemia Rocha (PMDB) recordou que no dia de ontem (21) foi comemorado o Dia Nacional de Valorização da Família, com o tema: A família, patrimônio da humanidade. “Temos que valorizar esta instituição que é a base da nossa sociedade”, observou.

Presença
O vereador Cristiano Santos (PV) registrou em plenário a presença de Ari Nomax, que também exerce mandato legislativo na cidade de Matinhos (PR).