Notas de Plenário I - Sessão Ordinária de 5 de Novembro

por Assessoria Comunicação publicado 05/11/2013 14h10, última modificação 21/09/2021 08h04
Emendas I
A sessão desta terça-feira (5) foi a segunda para a apresentação de emendas ao projeto de lei que institui o Plano Plurianual (PPA) 2014-2017 (013.00012.2013). A matéria tem como prioridades do período a saúde, a educação e a mobilidade. Os investimentos previstos para estas áreas são de, respectivamente, R$ 6,1 bilhões, R$ 5,6 bilhões e R$ 6,7 bilhões.

Emendas II
O prazo de recebimento de emendas termina nesta quarta-feira (06) – são abertas três sessões consecutivas para apresentá-las. As alterações propostas pelos parlamentares serão analisadas pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização em reunião pré-agendada para 12 de novembro. Em seguida, o projeto é encaminhado para deliberação em plenário.

Adoção de logradouros I
O plenário aprovou requerimento do líder do prefeito, Pedro Paulo (PT), que solicitou o adiamento da votação, por três sessões plenárias, de projeto de lei do Executivo (005.00303.2013). A nova proposta altera a Lei Municipal 11.642/2005, que institui o Programa de Adoção de Logradouros Públicos. (Foto 1)

Adoção de logradouros II
Na sua redação atual, a norma não permite a participação de pessoa física no processo de adoção. “Esta previsão tem cerceado a participação da população de forma mais ampla neste processo, sendo que nestes oito anos de sua aplicação e experiência tem demonstrado que esta restrição desestimulou sensivelmente o interesse pelo programa”, justifica a mensagem do prefeito (005.00303.2013).

Homenagem I
No pequeno expediente, o primeiro vice-presidente do Legislativo, Tito Zeglin (PDT) entregou votos de louvor ao diretor do Grupo Muffato, Eduardo Muffato, pela inauguração de um novo hipermercado, na região sul de Curitiba. “A obra supre uma demanda da Linha Verde. É um empreendimento que gera 350 empregos. Vejam a importância de destacarmos o trabalho dessa empresa”, disse o parlamentar. (Foto 2)

Homenagem II
“Para nós, receber a homenagem é motivo de alegria, que aumenta nosso compromisso com Curitiba e com o Paraná. O grupo tem um carinho especial por Curitiba. Por isso, sempre estamos investindo, sempre estamos expandindo aqui. Deixo meu agradecimento, em nome dos 14 mil colaboradores do grupo”, frisou Eduardo Muffato. (Foto 3)

Denominação de bem público
Dois projetos acatados pelo plenário, nesta terça-feira (5), dão nomes a logradouros públicos da capital. O primeiro, de Felipe Braga Côrtes (PSDB), denomina bem público de “Praça da Mina” (008.00005.2013); o segundo, de Pedro Paulo (PT), dá nome a logradouro de Cezar Meneglielli (009.00032.2013).

Servidores
Também foi aprovada a sugestão de Rogério Campos (PSC) para que a Prefeitura de Curitiba inclua o benefício de “difícil provimento” aos servidores da Escola Municipal “Rio Negro”, no Sítio Cercado. “A revindicação é justa devido à localidade e situação social que o colégio se encontra. Próximo à escola só passa uma linha de ônibus e os professores, para cumprirem seus horários, precisam se deslocar com veículo próprio”, justificou.