Prêmio “Professor João Crisóstomo Arns” é entregue na CMC

por Assessoria Comunicação publicado 25/10/2013 22h10, última modificação 20/09/2021 11h20
“Somos a casa da sabedoria, nos silêncios e nas palavras. No pó do giz e no diário de classe. O professor é o habitante da palavra, é o pastor da alegria, é o arauto dos sentidos, organiza o mundo. Professor não é um ser, é um inter ser, é uma vocação, uma provocação”, disse Ednamar Salvina Silva, em sessão solene realizada na Câmara de Curitiba nesta sexta-feira (25).

Profissional da educação há mais de 35 anos, a diretora geral do Colégio Estadual “Dr. Xavier da Silva” foi indicada por Felipe Braga Côrtes (PSDB) para receber o Prêmio “Professor João Crisóstomo Arns” de 2013, juntamente com outras 13 personalidades, entre professores, pedagogos, médicos e sociólogos.

A mesa de honra foi presidida por Paulo Salamuni (PV) e formada, ainda, por Tito Zeglin (PDT), 1º vice-presidente do Legislativo; Serginho do Posto (PSDB), 2º secretário; além de  Braga Côrtes, Dona Lourdes (PSB), Pier Petruzziello (PTB), Beto Moraes (PSDB), Jorge Bernardi (PDT), Cristiano Santos (PV), Aldemir Manfron e Toninho da Farmácia (ambos do PP).

Todos os parlamentares presentes, com exceção do presidente da Câmara, escolheram nomes para receberem o prêmio. “Vocês são escolhidos dentre mais de 1,8 milhão de habitantes. Os nomes são aprovados pelo plenário. Esse prêmio subjetiva a gratidão. É uma justa e merecida homenagem”, destacou Salamuni.

Em nome dos pares, Petruzziello também parabenizou os agraciados usando, em seu discurso, uma frase célebre de Frei João Arns: “Hoje não tenho dúvida de que a vontade de ser jovem com os jovens, amigo e companheiro dos jovens, tendo a capacidade de estabelecer e sempre estabelecer a confiança nessa amizade profunda, espiritual, humana, espontânea, integrante, é, sem dúvida, o carisma da educação franciscana”.

Conforme o vereador, entregar o prêmio é uma rara oportunidade de agradecer aqueles que “promovem a descoberta de um novo mundo: mais amplo, de horizonte mais profundo”. “Curitiba cresce quando pessoas como vocês são homenageadas em uma noite como essa, pelo trabalho que fazem pela educação da nossa cidade e por tamanha dedicação”, completou.

“A escola nos forma, altera, apropria, marca, completa. Não falo do prédio, dos espaços, das letras. Falo das pessoas, dos sorrisos, dos abraços, daquilo que permanece. O que quero partilhar nessa noite é o meu orgulho, de ser uma parte daquilo que me completa”, finalizou Ednamar Silva.

O prêmio

Instituído pela Lei Municipal 8.457/1994, o Prêmio “Prof. João Crisóstomo Arns” é concedido àqueles que se destacam, anualmente, nas áreas ligadas à educação e cultura na capital paranaense. Também foram agraciados com a honraria as seguintes personalidades:

Alexina Aparecida Ferreira: graduada em Educação Física, há quatro anos é professora do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) “Dr. Mário Faraco”. Indicada por Serginho do Posto.

Alvino Moser: doutor em Ética pela Université Catholique de Louvain (Bélgica). Atua na área da educação desde 1954. Atualmente é professor do Centro Universitário Internacional (Uninter). Indicado por Jorge Bernardi.

Carlos Wizard Martins: graduado em Ciências da Computação pela Brigham Young University (Estados Unidos). Fundou a primeira escola Wizard. Indicado por Cristiano Santos.

Denise Gradowski do Nascimento: graduada em Ciências Contábeis e Química. Atualmente é diretora auxiliar do Colégio Estadual “Professor Algacyr Munhoz Maeder”. Indicada por Toninho da Farmácia.

Giovana Marchiori: especialista em Psicopedagogia, atua na rede pública de ensino desde 1988. Hoje é diretora do Colégio Estadual “São Pedro Apóstolo”. Indicada por Beto Moraes.

Joyce Mirian Todeschini: jornalista e educadora musical. Fundou e atua como preparadora vocal de diversos grupos infanto-juvenis, cria roteiros e assina a direção artística de musicais. Indicada por Julieta Reis (DEM).

Laerte Justino de Oliveira: coordenador do Serviço de Oncologia do Hospital Santa Casa de Misericórdia. Iniciou suas atividades como educador em 1978, atuando como professor da UFPR e, posteriormente, na PUC-PR. Indicado por Paulo Rink (PPS).

Marco de Oliveira: mestre em Educação, especialista em História e Cultura Africana e Afro Brasileira, Educação e Ações Afirmativas no Brasil. Indicado por Mestre Pop (PSC).

Marcus Vinicius Bittencourt: mestre em Direito, professor de Direito do Centro Universitário Curitiba e da Escola da Associação dos Magistrados do Trabalho da 9ª Região. Indicado por Pier Petruzziello.

Marilza Mestre: psicóloga, especialista em Psicomotricidade e Psicoterapia Comportamental. Professora universitária há 30 anos, atualmente leciona na Faculdade Evangélica do Paraná. Indicada por Aldemir Manfron.

Regina Paulista Reinert: especialista em Sociologia, é professora do ensino superior há 15 anos nas áreas de Sociologia da Comunicação, Filosofia e Ética, Antropologia Jurídica e Sociologia Jurídica. Indicada por Dona Lourdes.

Rosária da Silveira Lima: especialista em Psicopedagogia. Desde 2008 é diretora do Centro de Educação Integral “Jornalista Cláudio Abramo”. Indicada por Tito Zeglin.

Roseli Davis Olesky: especialista em Educação Infantil, Alfabetização, Supervisão e Orientação Escolar. Hoje é coordenadora pedagógica no Colégio “Sagrado Coração de Jesus”. Indicada por Zé Maria (PPS).