Nova carreira dos educadores será votada na próxima semana

por Assessoria Comunicação publicado 24/11/2014 18h40, última modificação 28/09/2021 07h18

Os projetos de lei apresentados pelo Executivo, que promovem alterações na carreira dos profissionais de educação infantil da prefeitura (005.00166.2014 e 005.00192.2014), deverão ser apreciados pelos vereadores na próxima segunda-feira (1º). O anúncio foi feito pelo líder do prefeito na Casa, vereador Pedro Paulo (PT), durante reunião nesta segunda (24) com educadores e integrantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc).

Segundo Pedro Paulo, a apresentação desses projetos são um exemplo de quanto a Câmara Municipal está aberta para o diálogo “franco” e “transparente” com todas as categorias do município. “Ao que compete à Câmara realizar, temos um retorno positivo da categoria. A prefeitura continuará a negociar e a priorizar a valorização dos servidores”, declarou o líder da maioria. “Demos um passo importante para a valorização da carreira dos educadores. Isso é resultado de um diálogo verdadeiro, sem falsas promessas”, acrescentou o presidente do Legislativo, Paulo Salamuni (PV).

Para a presidente do Sismuc, Irene Rodrigues dos Santos, embora os projetos de lei não contemplem a totalidade das demandas da categoria, houve avanços significativos. No entanto, Irene cobrou respostas da Secretaria Municipal de Recursos Humanos que, em abril deste ano, encaminhou uma carta aberta à população, afirmando que haveria um reajuste salarial do educador de quase 16%, somando a correção dada em abril, de 5,38%, mais um ganho real de 10%, o qual, segundo o sindicato, ainda não foi cumprido.

“A aprovação deste projeto representa um grande avanço para a categoria, para a gestão pública e para a população. Mas uma das nossas grandes lutas é a isonomia entre as carreiras dos educadores e do magistério. A prefeitura precisa cumprir aquilo que prometeu no mês de abril”, ponderou Irene.

Os servidores também pedem uma alteração no artigo 3º da proposta que reestrutura a carreira dos Profissionais da Educação Infantil da Prefeitura Municipal de Curitiba. Os educadores solicitam a inclusão da expressão “de 0 a 5 anos”, para especificar qual a faixa etária das crianças assistidas. Para isso, é necessária a apresentação de uma emenda.

Leis mais:

Comissão aprova reestruturação da carreira dos educadores


Acatados projetos que alteram carreira da educação infantil