Mês da mulher: 2 vereadoras faleceram durante mandato na Câmara

por fernanda.foggiato — publicado 22/04/2020 00h28, última modificação 22/04/2020 00h28
Colaboradores: claudia.küger
Reprodução do texto autorizada mediante citação da Câmara Municipal de Curitiba.
Mês da mulher: 2 vereadoras faleceram durante mandato na Câmara

Foto: Arquivo/CMC

Das 24 vereadoras que já passaram pela Câmara Municipal de Curitiba (CMC), quatro são falecidas. As duas primeiras parlamentares da cidade, Maria Olympia Carneiro Mochel e Maria Clara Brandão Tesserolli, morreram respectivamente em 2008 e em 1969 e já haviam deixado o Legislativo. Laís Peretti e Nely Almeida, no entanto, ainda exerciam o mandato ao falecer, em 1991 e em 2012.

Aos 49 anos de idade, no início de 1991, Laís havia sido eleita segunda vice-presidente do Legislativo, após de um hiato de 43 anos. No entanto, ela morreu 11 dias depois, em um acidente automobilístico na estrada PR-508, a rodovia Alexandra-Matinhos.

No ano seguinte à morte da artista plástica, a Câmara aprovou a lei municipal 7.930/1992, para denominar uma escola municipal em sua homenagem. O equipamento público que leva o nome de Laís Peretti funciona na rua Izabel Raksa Voluz, no bairro Pinheirinho.

Nely Almeida
Nely faleceu aos 77 anos de idade, em 29 de outubro de 2012, prestes a encerrar a sexta legislatura na Câmara de Curitiba – ela não havia se candidatado a um novo mandato nas eleições daquele ano. Até hoje a segunda vereadora com mais tempo de mandato na CMC, ela foi velada no Palácio Rio Branco.

Ainda em 2012, foi inaugurado, no bairro Prado Velho, região da Vila Torres, um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) com o nome de Nely Almeida. A proposta de lei que deu origem à denominação havia sido assinada por todos os parlamentares e foi aprovada com unanimidade.

Primeiras vereadoras
Falecida em 1° de novembro de 1969, quase dois anos após o fim do mandato, a professora Maria Clara Brandão Tesserolli também dá nome a uma escola municipal, localizada no bairro Novo Mundo, na rua João Ribeiro Lemos. Sua antecessora, Maria Olympia Carneiro Mochel, morreu em 25 de janeiro de 2008, aos 82 anos, em São Luís (MA). Ela havia se mudado com a família para a cidade após o mandato, encerrado em 1950, e lá fez parte da primeira turma do curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão.  

Dia Internacional da Mulher
No mês da mulher, a Câmara de Curitiba resgata um pouco da trajetória das mulheres na política. No dia 8 de março, elas mandaram um recado contra o feminicídio nas redes sociais. Em 2018, foi reinaugurada a Galeria de Vereadoras no hall de entrada do auditório da Câmara Municipal, um espaço que conta a um pouco da vida pública de cada mulher que passou pelo Legislativo, desde a primeira vereadora. Esse trabalho pode ser conferido pessoalmente ou no hotsite Vereadoras na Política de Curitiba.