Banner de topo para a página especial sobre o legado e a despedida do vereador Jairo Marcelino, falecido em outubro de 2020.

Nenhum outro vereador ocupou posição tão privilegiada quanto a de Jairo Marcelino, com 37 anos ininterruptos de mandato na Câmara Municipal de Curitiba (CMC), como observador da redemocratização na capital do Paraná.

Falecido no dia 20 de outubro de 2020, ele era membro da geração de 1983 na CMC, que foi a primeira a se eleger após o fim do bipartidarismo imposto pela ditadura militar. Aos 77 anos, Marcelino foi diagnosticado com Covid-19 e não sobreviveu às complicações da doença. Ele somou nove mandatos consecutivos no Legislativo Municipal e era o decano da Casa. Jairo, como era chamado pelos amigos, deixou esposa, 6 filhos, 13 netos e 2 bisnetos.

Na sua trajetória, o mandato do ex-vereador era associado à defesa dos profissionais do transporte escolar, dos taxistas e dos moradores da região Norte de Curitiba, onde residia. O Sistema de Proposições Legislativas da CMC registra 379 leis municipais de autoria dele.

Confira neste especial reportagens e conteúdos sobre o legado e a despedida do parlamentar.

Jairo Marcelino comenta o resultado das eleições em 2016, no plantão da CMC na apuração no TRE.